webcriarte.com webcriarte.com webcriarte.com
 

Estratégia Web

planejamentoA expressão "estratégia web" engloba um conjunto de ações dedicadas ao encadeamento em rede de diversos canais e ferramentas online, que ajudam a realizar a missão e a visão de suas organizações.

A declaração do escopo e a explicitação dos objetivos do projeto web, somadas à pesquisa de ambiente, à conceituação da comunicação e ao conhecimento do público, muitas vezes indicam que a empresa não precisa apenas de um website para realizar seus objetivos de negócios, mas de uma estratégia web mais abrangente.

Processo permanente como o planejamento estratégico de uma organização, a estratégia web inclui o planejamento, a implementação, o monitoramento e o aperfeiçoamento constante de redes entre pessoas e organizações que utilizam canais e ferramentas online para realizar transações, trocas de ideias e informações em atividades comerciais e políticas, de entretenimento, de relacionamento pessoal.

Compatível, acima de tudo, com a estratégia geral de comunicação e interlocução (e também de marketing e vendas) organizacional, que conduz o projeto web, a estratégia web considera aspectos como a criação de identidade entre organizações, comunidades e indivíduos, o estímulo ao estabelecimento de relacionamentos (comerciais ou não) e à cooperação, a abertura ao aperfeiçoamento contínuo.

Através destas ações em rede é possível criar:

Conexões entre pessoas, equipes e parceiros além das fronteiras organizacionais e da localização geográfica.

Estruturas coletivas em constante situação de mudança em que todos os participantes são, de uma forma ou outra, agentes de mudanças.

Redes compostas de diversos serviços e aplicativos distribuídos, baseados em processos, em que os usuários livremente ativam livremente os componentes, de acordo com suas necessidades.

Uma troca de ideias entre amigos pode começar por e-mail, continuar por mensagem instantânea, SMS, comentários nas redes sociais e ficar visíveis em RSS de blogs, por exemplo.

xadrezAs soluções para música digital da Apple combinam o iPod, o iTunes e a loja de músicas da iTunes. O acesso se faz pelo dispositivo, pelo programa desktop e pelo programa online, que são componentes da mesma experiência de ouvir, gerenciar e comprar músicas.

Formas de relacionamentos comerciais e pessoais baseados na interlocução (em detrimento da comunicação unidirecional), que substituem processos já existentes, com responsabilidade recíproca entre as partes.

Os exemplos destas redes se multiplicam. A Pakprint especializada em tecnologia de papel e celulose, mantém com uma rede de relacionamentos comerciais com um conjunto de organizações parceiras. Seu sistema agrega fornecedores online e facilita a realização de serviços como o levantamento de cotações de preços de produtos, o encaminhamento de pedidos de compras, ou a geração da folha de registro de serviço e o espelho das notas fiscais, por exemplo.

As empresas que usam o seu portal reduziram em 50% os gastos com telefonemas e impressão de documentos, 47,5% no tempo gasto com a obtenção de cotações e 40% no tempo de resposta para estas cotações.

Outro exemplo é o da Priceline, empresa especializada na compra e venda de bilhetes para viagens aéreas, diárias de hotel, aluguel de carros. Para adquirir viagens aéreas, os compradores submetem uma oferta com um preço que avaliam conveniente para os vôos de seu interesse.

Através da sua rede de fornecedores, a Priceline compara as ofertas com as tarifas oferecidas pelas companhias e, se verifica que pode comprar um bilhete e vendê-lo ao interessado com lucro, realiza a transação. A organização faz a intermediação entre a rede de clientes e a de fornecedores.

A estratégia web permite o planejamento inicial de redes como estas, o seu monitoramento e o seu aperfeiçoamento - através da contribuição dos seus participantes e da mensuração dos resultados (com indicativos como o retorno sobre o investimento, as estatísticas de acesso, o número de transações realizadas, o número de posts e contatos, etc.).

Prevê o uso integrado de diversos tipos de aplicativos, que incluem desde servidores web a bancos de dados, data warehouses, ferramentas de segurança, de gerenciamento de conteúdo, de e-procurement, de acompanhamento de tráfego, de armazenagem, de infra-estrutura de redes, aplicações EDI, soluções de intermediação de processos de negócios, sistemas ERP, CRM, SCM e sistemas de colaboração através de email, blogs, wikis, portais de relacionamento e de criação de inteligência coletiva.

Em que momento do projeto realizar a estratégia web?

objetivoalvoÉ possível que alguns projetistas prefiram realizar a estratégia web no momento da definição dos objetivos do projeto, para que o orçamento, o cronograma, a equipe, o planejamento da qualidade e da prevenção de riscos não precisem ser retrabalhados depois da conceituação. Desta forma, realizam pesquisas de mercado e de público, definem o conceito editorial, a estratégia web, e só depois estimam os recursos para realizá-los.

Sob o ponto de vista dos projetistas, esta é uma abordagem viável, porque os processos se encadeiam entre si de maneira lógica. Mas para os patrocinadores e gestores responsáveis, este nem sempre é o caminho a seguir, pois é preciso de antemão dimensionar o projeto para especificar seus produtos. Ou seja, pode-se traçar uma estratégia web incrivelmente ousada, mas, ao verificar os recursos, a equipe, as atividades necessárias e os requisitos, os gestores do projeto podem chegar à conclusão que transformá-la em produtos é inviável.

Por isto, é melhor fazer um planejamento de ordem geral antes de se começar a realizar a Conceituação - e neste momento fazer a estratégia web. E, posteriormente, adaptar o planejamento inicial às características específicas do produto ou conjunto de produtos definidos nesta etapa.

webcriarte.com webcriarte.com webcriarte.com